Entre em contato - São Paulo: (11) 5193-9800 | Indaiatuba: (19) 3318-1624
Notícias - Canumã - Detecção de Vazamentos / Caça vazamentos

Confira as novidades da Canumã e notícias da nossa área.

Não deixe a água ir pelo cano (ou fora dele)

Não deixe a água ir pelo cano (ou fora dele)

Assunto do momento, a economia de água precisa ser incorporada à rotina dos brasileiros. Como esse comportamento começa em casa, reunimos nesta reportagem dicas para caprichar na rede hidráulica, fazer manutenções preventivas e detectar vazamentos. Para arrematar, conheça sistemas e produtos eficientes na redução do consumo.

Não há dúvida: o grande responsável pela escassez hídrica no mundo, hoje, é o desperdício. De acordo com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), gastamos indevidamente, por ano, 1,5 milhão de km3 de água-doce, sendo que o volume total desse recurso natural no planeta fica em torno de 35 milhões de km3. Apesar de o Brasil ter a maior concentração mundial disponível (13,7%), ela não se distribui uniformemente em nosso mapa, e custa caro tratar e transportar água para consumo.

A região Sudeste teve, neste ano, o verão mais seco de sua história, reduzindo a níveis críticos os reservatórios de abastecimento em São Paulo. Por outro lado, o excesso de chuvas no Acre, onde fica a Bacia Amazônica, comprometeu a reserva potável. Diante do quadro temeroso, vale a pergunta: o que você tem feito em casa para reduzir o consumo? De toda a água tratada no Brasil, alarmantes 40% são esbanjados. Por isso, mãos à obra. Não basta abreviar os banhos e ensaboar a louça com a torneira fechada. É preciso ter uma instalação hidráulica eficiente, sem vazamentos. Confira a seguir dados que ilustram a situação e veja quanto gastamos no ambiente doméstico – e, claro, onde é possível adotar produtos e sistemas economizadores.

CONSUMO DIÁRIO POR PESSOA* EM VÁRIOS PAÍSES
A média ideal de consumo é de 110 litros. Veja quanto é consumido em alguns países:

jpeg

COMO USAMOS A ÁGUA EM CASA NO BRASIL
– 35% higiene pessoal
– 30% descarga
– 20% lavagem de roupa
– 10% cozinha
– 5% limpeza
Chuveiros e vasos sanitários são os líderes de desperdício. Por isso, além da mudança de hábitos, vale adotar soluções economizadoras nesses pontos.

EM BUSCA DO SISTEMA SEM FUROS
O dimensionamento adequado começa no projeto hidráulico. “Cabe ao engenheiro responsável traçar o caminho mais curto para a água passar, com o menor número de conexões possível. Dessa forma, não há perda de pressão, causada pelo excesso de curvas, e evitam-se também pontos de eventuais vazamentos”, ensina o arquiteto paulista Marcio Moraes

OS CAMINHOS DÁGUA
Pluvial – A água da chuva, captada no telhado por um sistema de calhas e canos independente, segue para a rede de coleta da rua (a ligação deve ser separada daquela do esgoto). Para um sistema de reúso, veja a pág. 104.
Fria – O líquido fornecido pela concessionária vem da rua e passa pelo hidrômetro. É bombeado para o reservatório, de onde desce por gravidade para cozinha, banheiros, lavanderia e aquecedor (se houver).
Quente – A água fria chega ao aquecedor, esquenta e segue para chuveiros e torneiras. Quando há sistema de aquecimento, esses pontos têm dois abastecimentos.
Esgoto – Sai dos vasos sanitários, ralos de pias e chuveiros e é conduzido até se encontrar com a rede de coleta na rua.

PONTOS CRÍTICOS DE VAZAMENTO
Saiba quais são e que procedimentos simples adotar para evitá-los, no infográfico.

NÚMEROS DO DESPERDÍCIO
Falta de manutenção e cuidados pesam para o meio ambiente e na conta de água:
1. Gotejando, uma torneira joga ralo abaixo mais de mil litros por mês. Um filete contínuo de 2 mm totaliza 4 130 litros;
2. Uma lavadora (para 5 kg de roupas) gasta 135 litros por ciclo. No tanque, o consumo é maior: 15 minutos de água correndo correspondem a 245 litros. O volume usado pela máquina pode servir para limpar o chão da cozinha, dos banheiros e da lavanderia;
3. Um buraco de 2 mm na tubulação de uma casa desperdiça 3 mil litros por mês;
4. Reguladores de vazão podem reduzir o consumo em até 50%. Esse acessório, que restringe a entrada de água em torneiras e chuveiros, deve ser instalado na saída da tubulação da parede antes do sifão ou do tubo da ducha.

O BOM USO DA CHUVA
Pouco empregados no Brasil, os sistemas de captação e reaproveitamento de água da chuva conquistam adeptos, sobretudo em tempos de escassez. Chegam a significar 65% de economia.

jpeg-1

Para implantar sistema de captação da chuva, há duas redes práticas: uma completa e outra compacta. Como depende de tubulação independente, que conduz a água tratada a vasos sanitários e torneiras externas, o modelo completo (apresentado no infográfico de 1 a 7) tem de ser programado junto do projeto de hidráulica. Mais simples, o sistema compacto (número 8, também no infográfico) garante a irrigação do jardim e pode ser adotado numa casa pronta. Veja como funcionam (os números se referem aos pontos indicados no infográfico):
1. A água coletada do telhado por calhas e canos vai para o filtro, responsável por separar impurezas, como folhas, galhos e insetos.
2. Chegando ao reservatório, ela passa por um equipamento que induz a sedimentação e a oxigenação. As partículas pesadas se depositam no fundo, e as leves flutuam.
3. O filtro que boia no reservatório extrai para consumo a água logo abaixo da superfície, a mais limpa.
4. Um equipamento chamado multissifão remove as partículas leves da superfície da água quando o tanque extravasa.
5. A bomba de recalque ou pressurizadora leva a água tratada a uma caixa-d´água separada, unida à tubulação, que conduz a vasos sanitários, irrigação de jardim e torneiras para lavagem de calçadas ou veículos.
6. Junto dela fica o kit de interligação com outro reservatório, de água potável. Automatizado, o controle é acionado sempre que o volume vindo da chuva não for suficiente (épocas de estiagem).
7. Um sistema capta o excesso que extravasa do multissifão e encaminha para a rede de águas pluviais da rua.
8. Na opção compacta, usa-se um filtro de descida, instalado junto da calha e outro no reservatório. Própria para tarefas realizadas do lado de fora da casa, a água passa por uma bomba que a direciona para torneiras e pontos de rega no jardim.
Como fazer – Empresas do ramo orientam, ajudam no dimensionamento e vendem os equipamentos. Leve em conta que o telhado deve ter 40 m² de área mínima. Como a obra pode incluir rede hidráulica à parte, o ideal é planejar o sistema na fase do projeto. Quem faz: Acquastock, Ecocasa e Metalúrgica Cacupé. Segundo Marcos Casado, engenheiro, “na fase de projeto, com 1% do valor de uma casa, é possível planejar e preparar um sistema de captação de chuva”.

O QUE PAGAMOS, NA CONTA
Parece que apenas a água é cobrada, mas o valor total embute 50% por seu fornecimento e 50% por tratamento do esgoto.

QUER ECONOMIZAR NA TORNEIRA?
Um arejador spray (a peneirinha presa na ponta da torneira) reduz a vazão de usuais 8,5 litros para até 1,8 litros por minuto.

LIMPEZA ESPERTA DA CAIXA D’ÁGUA
Feche o registro e deixe o reservatório com um palmo de seu conteúdo. Tampe a saída para que a sujeira não desça pelo encanamento. Passe pano úmido ou escova macia no fundo e nas paredes se o recipiente for de fibrocimento. Retire essa espécie de lama com pá, balde e pano. Preencha o reservatório com mais um palmo de água e dilua nele 2 litros de água sanitária. Deixe agir por duas horas, molhando as paredes com a solução. Depois, abra os registros – empregue a primeira leva apenas na limpeza de quintal, banheiros e pisos. Repita o processo a cada seis meses.

MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA
Hidrômetros separados para cada unidade dos condomínios residenciais prometem ser uma forma mais justa de rateio da conta. Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), do governo federal, a medida pode gerar até 25% de economia. A lei sobre o tema tramita sem solução no congresso, enquanto as construtoras entregam os novos edifícios com a tubulação preparada. Por enquanto, os condôminos têm o direito de aceitá-la ou não.

TIRA-DÚVIDAS
Descubra as respostas para as questões mais comuns
O reúso da água “cinza” é viável numa casa?
A água proveniente de chuveiros e pias pode ser reutilizada em sanitários, regas e limpeza de jardim, desde que tratada. “Mas o processo custa caro. Por isso, é mais adotado em grandes obras e condomínios”, diz o engenheiro Luciano Zanela, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT).
Existem normas técnicas sobre o assunto?
Sim. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) lista uma série de procedimentos para a instalação predial de água fria, quente, pluvial e de esgoto, e até sistemas de captação de água da chuva e de reúso. Também orienta a instalação dos tubos conforme o material. Essas regras embasam o trabalho do engenheiro responsável pelo projeto de hidráulica e pela especificação dos itens.
Numa reforma, sempre é preciso trocar os velhos canos de ferro?
Ao visitar uma moradia erguida 20 ou 30 anos atrás, abra todas as torneiras para ver se a água sai com coloração alterada – sinal de corrosão. “A vida útil do material é longa. Defeitos surgem apenas se os canos deixaram de circular água por algum tempo”, diz o arquiteto paulista Marcio Moraes.
Posso unir tubos de diferentes materiais?
Sim. É comum a ligação entre o aquecedor solar e o boiler ser de cobre e, dali em diante (quando o líquido não está tão quente), a rede empregar CPVC, PEX ou PPR. Também se costuma fazer reparos em canos de cobre usando algum desses termoplásticos.

Matéria extraída do link:
http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/casa/nao-deixe-a-agua-ir-pelo-cano-813157.shtml?func=2

Tags:

 

Compartilhe:

Noticias e Cases Recentes

Página Anterior Próxima Página
  • Chuveiro sustentável reutiliza 90% de água e 80% de energia

    DATA: 11/09/2017

  • O CSI das árvores

    DATA: 04/09/2017

  • Condomínio Marina – Case de Sucesso

    DATA: 21/08/2017

  • Nova Regra de Captação de Água no Rio São Francisco

    DATA: 21/08/2017

  • 8 de Junho – Dia Mundial dos Oceanos

    DATA: 08/06/2017

  • Dia 22 de Maio, Dia Internacional da Biodiversidade

    DATA: 22/05/2017

  • Como descobrir vazamentos em tubulações e economizar

    DATA: 30/09/2016

  • Conheça 5 tipos de vazamentos e saiba como agir

    DATA: 19/09/2016

  • 12 dicas importantes para ajudar você a economizar na sua conta de água

    DATA: 09/09/2016

  • Detecção de Vazamentos / Caça vazamentos em Indaiatuba

    DATA: 03/08/2016

  • A importância do teste preventivo para construções

    DATA: 28/07/2016

  • Epson Engenharia ressalta o respeito e profissionalismo da Canumã

    DATA: 25/02/2016

  • Reservatórios do estado de São Paulo precisam da sua atenção

    DATA: 19/02/2016

  • Administradora de condomínio atesta a eficácia do serviço da Canumã

    DATA: 12/02/2016

  • O seu celular pode te ajudar a economizar água!

    DATA: 05/02/2016

  • Residencial Veneza detecta pontos de vazamento próximo à piscina graças à te[...]

    DATA: 29/01/2016

  • Serviço de gestão hídrica conta com a confiança de mais de 10 anos

    DATA: 26/01/2016

  • Investimento em melhorias no sistema hídrico impede gastos desnecessários

    DATA: 15/01/2016

  • Não há tempo ruim para economia

    DATA: 13/01/2016

  • Grupo Morlan conta com a Canumã para reparos em seu sistema hídrico

    DATA: 22/12/2015

  • Garantimos um ano sem preocupações ao condomínio Villa Carini

    DATA: 16/12/2015

  • Antes de reformar, pense no seu sistema hidráulico

    DATA: 16/12/2015

  • Condomínios chegam a gastar R$95 milhões em água em São Paulo

    DATA: 14/12/2015

  • A necessária luta contra o desperdício de água no Brasil

    DATA: 19/11/2015

  • Associação abre crowdfunding para a revitalização do Córrego Jaguaré

    DATA: 06/10/2015

  • Reúso, a técnica que poderia diminuir o consumo de água em 50%

    DATA: 06/10/2015

  • Mais um Case de Sucesso – WH Engenharia

    DATA: 06/10/2015

  • Recuperação de rios ajudaria São Paulo a se preparar para as mudanças climá[...]

    DATA: 02/09/2015

  • Guia de economia de água para condomínios.

    DATA: 01/09/2015

  • Gráfica Kawagraf | Mais um Case de Sucesso

    DATA: 01/09/2015

  • Condomínio Miami Top | Mais um Case de Sucesso

    DATA: 14/07/2015

  • Case Residencial | Mais um Case de Sucesso

    DATA: 14/07/2015

  • Transdivinéia | Mais um Case de Sucesso

    DATA: 14/07/2015

  • CEVA Logistics | Mais um Case de Sucesso

    DATA: 10/07/2015

  • Caça Vazamentos | Mais um Case de Sucesso

    DATA: 10/07/2015

  • Case programa de uso eficiente da água

    DATA: 09/06/2015

  • Case Detecção de Vazamentos

    DATA: 14/05/2015

  • Case Gestão Integrada de Recursos Hídricos

    DATA: 29/04/2015

  • Case Gestão Integrada de Recursos Hídricos

    DATA: 23/04/2015

  • Case Detecção de Vazamentos

    DATA: 16/04/2015

  • ONU convida você a participar do Dia Mundial da Água. Diga por que água é es[...]

    DATA: 20/03/2015

  • +1 case de Sucesso

    DATA: 02/03/2015

  • Crise da água: Proposta para ajudar a financiar a recuperação de mananciais

    DATA: 20/02/2015

  • Desperdício de água impõe a empresas melhorar operação

    DATA: 05/02/2015

  • Crise Hídrica? Que crise? Não existe nenhuma crise hídrica!

    DATA: 05/02/2015

  • +1 case de Sucesso

    DATA: 02/02/2015

  • Crise da água em SP: especialistas apontam cenários para quando a água acabar[...]

    DATA: 26/01/2015

  • +1 Case de Sucesso

    DATA: 19/01/2015

  • O Brasil secou

    DATA: 16/01/2015

  • 4 sistemas para reaproveitar a água da máquina de lavar roupa

    DATA: 12/01/2015

  • O que faremos se acabar a água em São Paulo em 2015?

    DATA: 10/12/2014

  • Sugestão de menino de 8 anos faz prédio economizar R$ 1.300 na conta de água [...]

    DATA: 10/12/2014

  • A seca em São Paulo é a grande chance de resgatar a Mata Atlântica.

    DATA: 10/12/2014

  • +1 case de Sucesso

    DATA: 09/12/2014

  • A crise hídrica chegou para ficar

    DATA: 02/12/2014

  • O novo pensamento econômico sobre a água

    DATA: 02/12/2014

  • Não deixe a água ir pelo cano (ou fora dele)

    DATA: 02/12/2014

  • Série especial de Reportagens sobre a Água

    DATA: 01/12/2014

  • Reflorestar represas aumenta reserva de água em 50%, diz ONG

    DATA: 01/12/2014

  • Rio Pinheiros passa por testes de avaliação para despoluição de suas águas.[...]

    DATA: 01/12/2014

  • Parque em SP oferece curso de horta caseira e compostagem

    DATA: 01/12/2014

  • A Última Gota revela descaso com a água no Brasil

    DATA: 01/12/2014